Dizem que “a propaganda é alma do negócio”. Esse ditado popular contém sabedoria, pois, sem que um produto ou serviço seja corretamente divulgado, as pessoas podem nem saber da sua existência. Na medicina, não é diferente, e consultórios e clínicas precisam investir em marketing médico, caso queiram ter destaque na comunidade em que atuam.

Apesar de muitos pensarem que o boca a boca ainda é suficiente para garantir o fluxo de pacientes em uma clínica, nem sempre essa premissa pode ser seguida. Por isso, é vital planejar estratégias de marketing que sejam eficientes para criar uma relação mais próxima com os pacientes, de modo que o estabelecimento sempre tenha demanda e garanta uma boa lucratividade

Pensando nessa necessidade, selecionamos algumas dicas sobre como aplicar o marketing médico na sua clínica! Veja a seguir.


Defina os objetivos da estratégia


Antes de tudo, uma estratégia de marketing médico precisa ter um objetivo. Você deseja conquistar novos pacientes? Ou então se habilitou em uma nova especialização e quer tornar público que agora também atende nessa modalidade? Ou ainda prefere divulgar aos usuários de um determinado plano de saúde que agora é conveniado dessa seguradora?

Esses são alguns exemplos de objetivos que as suas estratégias podem ter. É preciso definir o que você quer divulgar e qual público deseja atingir para que as ações possam ser bem estruturadas e colocadas em prática.


Considere o código ético do marketing médico


O Conselho Federal de Medicina (CFM) tem um código de ética de publicidade na medicina. Assim, todas as normativas previstas no manual desenvolvido pelo órgão devem ser seguidas à risca. Um exemplo de proibição é o uso de fotos de antes e depois de pacientes submetidos a tratamentos.


Avalie a sua concorrência 


Para ser bem-sucedido o médico precisa estar sempre de olho na sua concorrência, observando o que as outras clínicas estão fazendo e que tipo de retorno elas estão tendo das atividades de marketing médico que elas elegeram.

Essa prática pode contribuir para otimização do tempo e ainda permite com que a sua clínica acompanhe o passo dos seus principais rivais de mercado.

Além disso, avaliar a concorrência possibilita ao médico buscar diferenciais para se distinguir dos concorrentes e quem sabe conseguir sair na frente pela disputa por pacientes.


Conte com a tecnologia


A tecnologia surge como uma forte aliada do marketing médico, uma vez que por meio do emprego de alguns softwares da área médica é possível agilizar tarefas, otimizar resultados e ganhar muito mais tempo na administração da clínica.

Vale dizer ainda que os softwares costumam reunir todas as informações em um só canal, o que além de facilitar a rotina, evita com que dados importantes sejam perdidos, por conta de arquivos obsoletos e ultrapassados.


Ofereça conteúdos relevantes em seus canais


Você já deve ter percebido que muitos pacientes fazem pesquisas no Google e vão ao seu consultório munidos de informações sobre os sintomas que eles sentem, não é mesmo? Que tal então ser o fornecedor dessas informações?

É possível criar um blog ou utilizar as suas redes sociais para praticar o marketing de conteúdo, ou seja, desenvolver artigos sobre prevenção e diagnóstico de doenças, dicas de saúde e qualidade de vida.


Invista em um atendimento diferenciado no consultório


Além de divulgar o seu negócio, o marketing médico também deve prezar por ações para que o atendimento seja diferenciado no consultório. Desse modo, os pacientes satisfeitos poderão indicá-lo para amigos, familiares e pessoas de suas relações.

Também é possível que os seus pacientes falem bem do seu consultório nas redes sociais, caso tenham um atendimento excelente. Exemplo disso ocorre quando você recebe uma avaliação positiva em sua página no Facebook.


Divulgue o negócio nos canais corretos 


É preciso conhecer o seu público para que a clínica ou consultório seja divulgado nos canais corretos. Não adianta você pagar um valor alto para anunciar em uma emissora de rádio da sua cidade se o perfil de pacientes que você atende não consuma esse tipo de mídia, por exemplo.

Canais que estão em alta no momento são as redes sociais e o e-mail marketing. Afinal, grande parte das pessoas são usuárias ativas de Facebook, Instagram e outras mídias digitais.

Já o e-mail é utilizado diariamente para trocas pessoais e profissionais, sendo aberto em diversos momentos. Logo, traças estratégias de marketing médico para esses canais é bastante positivo.


Acompanhe os resultados


De nada adiantará implementar as melhores estratégias de marketing médico se os resultados não forem acompanhados de perto. Isso porque cada clínica tem um perfil de pacientes específico, e talvez as primeiras práticas de marketing médico adotadas não sejam exatamente as melhores para se conectar com os pacientes da sua clínica.

Logo, é preciso estar constantemente avaliando os resultados para saber o que funciona ou não no caso da sua clínica em particular. Para quem ainda está começando nas buscas pelo marketing médico sugerimos 4 estratégias de marketing para você aplicar em sua clínica agora e fortalecer a sua reputação on-line, veja a seguir!


 Marketing de conteúdo


Para atrair seu público nada melhor do que publicar conteúdo relevante que não apenas desperte o interesse das pessoas, mas também que seja capaz de educá-las e ensiná-las acerca de assuntos relacionados à clínica.


 E-mail marketing


O e-mail marketing é uma excelente ferramenta que pode ser usada de diversas maneiras, tanto para atrair novos pacientes quanto para educar — por meio de newsletter —, informar sobre promoções e novidades e, ainda, estreitar o relacionamento com os pacientes (utilizando lembretes de consultas, felicitações pelo aniversário e outras ações).


 Site otimizado para conversão


As buscas por profissionais, seja de qual área for, muitas vezes começam na internet e, por essa razão, é fundamental ter um site que além de bem estruturado do ponto de vista estético e visual, possa estar otimizado para ficar mais bem ranqueado e captar mais pacientes.


Presença nas redes sociais


Marcar presença nas redes sociais é bastante interessante para quem deseja explorar ao máximo os recursos de marketing digital disponíveis na atualidade. Isso porque além das buscas orgânicas que mencionamos, as pessoas também adquiriram o hábito de buscar e pesquisar sobre profissionais nas redes sociais. De modo que estar presente nesses canais potencializa as chances de atrair novos pacientes.

Assim, esperamos ter ajudado você a aplicar o marketing médico na sua clínica, pois conforme demonstramos essas estratégias são eficientes e, praticamente, indispensáveis no contexto atual.

E então, se você gostou das nossas dicas e deseja continuar aprendendo sobre o assunto, confira nosso outro conteúdo sobre e-mail marketing: 4 dicas para captar mais pacientes.