No último sábado, 26 de novembro, aconteceu o I Fórum de Gestão AEFERJ, na sede da Crefito 2, na Tijuca. A AEFERJ, Associação de Empresas Privadas Prestadoras de Serviços de Fisioterapia do Estado do Rio de Janeiro-RJ, reuniu no evento importantes profissionais da área, empresários, além de consultores e advogados do mercado da saúde. Os paineis foram extremamente importantes para discutir e auxiliar o público presente em temas de grandes dificuldades vivenciadas pelos fisioterapeutas, e focos centrais do Fórum, como:

  • - abertura de clínica
  • - contratação de colaboradores para a clínica
  • - regimes de tributação mais adequados para cada realidade
  • - planejamento estratégico
  • - gestão e processos operacionais 

O Shosp marcou presença como palestrante, para mostrar justamente como os profissionais e as clínicas podem ter uma gestão mais controlada e otimizada de suas atividades e pessoas, que resulte em melhor atendimento aos pacientes. A participação também serviu para oficializar e comunicar publicamente a nova parceria da empresa com a AEFERJ. Com o acordo, todos os associados da entidade passam a ter 30% de desconto em qualquer plano escolhido no Shosp.

Com a crescente competitividade, em um cenário no qual cada profissional e empresa buscam incessantemente melhorar seus desempenhos como forma de se destacarem da concorrência, a criação de círculos de relacionamento entre colegas, além de parcerias que podem ser benéficas a toda a categoria, podem ser ameçadas. É nesse sentido que as entidades de classe como a AEFERJ atuam: como forte elo de comunicação entre profissionais e comunidade. A Associação auxilia no exercício de cidadania, unindo de forma eficiente pessoas com interesses em comum na afirmação de valores, defesa de direitos e reinvindicação de demandas em prol do bem geral da classe. I Fórum de Gestão

Esse movimento ganha ainda mais importância na área de saúde, em que a união entre profissionais resulta claramente em um melhor atendimento aos pacientes e na consequente construção de uma sociedade com melhor qualidade de vida. E foi pensando em todos esses ideais que a AEFERJ foi criada, em 2013: para ser uma importante aliada na luta pela valorização da classe dos fisioterapeutas e pela defesa de seus direitos.

Diversas dificuldades enfrentadas por esses profissionais foram abordadas durante a manhã do evento, como por exemplo os conflitos de faturamento com as operadoras de saúde, o controle dos horários de trabalho dos profissionais e o conflito de agenda e a subordinação entre diferentes empregadores. A palestra que abriu o evento foi a do consultor Marcelo M. Vasconcellos, que discutiu sobre gestão e empreendedorismo em Fisioterapia e ilustrou bem o propósito do encontro. Marcelo inspirou o público a pensar no planejamento dos seus negócios hoje, olhando para dentro e fora da clínica ao se posicionarem, para conquistarem resultados melhores no futuro. Ele reforçou a importância de se ter missão, visão e estratégia intrínsecas no dia-a-dia do negócio e também a importância de se controlar e gerir as atividades e recursos principais do empreendimento - como seus custos, clientes e parceiros.

Dr. Marcelo Vasconcellos

Dra. Marisete Pilon, quarta palestrante do dia, defendeu também ideias semelhantes ao abordar a importância dos processos e procedimentos operacionais nas clínicas de fisioterapia, como por exemplo a existência de prontuários padrões, a gestão eficiente dos fluxos dentro da clínica e o controle de custos e horários de atendimento. Reforçou como as clínicas devem atender às demandas do mercado por eficácia, eficiência e qualidade, além de incorporar os princípios de gestão. Além disso, desafiou os presentes a não pensarem apenas nos pacientes atuais, mas sim, realizarem um bom "pós-venda" e relacionamento a longo-prazo com os pacientes, para que estes tragam consigo mais outros.

Dra. Marisete Pilon

O evento foi finalizado com a clareza da necessidade e do valor que os sistemas de gestão, como o Shosp, têm para o funcionamento das clínicas e consultórios. Processos bem estruturados requerem ferramentas quem auxiliem os profissionais a monitorarem e gerirem suas atividades, recursos e relacionamento com o público de forma eficiente, para obterem resultados melhores e uma maior qualidade de atendimento aos pacientes. E o Shosp entrega esse valor porque tem presente no seu dia-a-dia o propósito de ajudar profissionais da saúde a gerirem melhor seus negócios, e de forma sustentável, para que eles possam assim exercer cada vez melhor suas profissões no atendimento e no tratamento dos seus pacientes.

Equipe Shosp

E você, deseja conhecer mais da Aeferj e de seu trabalho em parceria com o Shosp? Assine nossa newsletter para ficar por dentro de todas as novidades.





Share: