Por que processos manuais atrapalham as clínicas médicas?
  • 14 Maio 2018

Quando falamos em administração de clínicas médicas e de hospitais, os processos manuais são os maiores vilões. Isso se justifica pelo fato de a falta de automatização acarretar não só processos muito trabalhosos na instituição, como também excesso de retrabalho, pois os erros acabam se tornando mais recorrentes.

Nesse sentido, o investimento em software de gestão exclusivamente desenvolvido para clínicas é extremamente pertinente. Afinal, os trabalhos manuais são praticamente coisa do passado e já não condizem mais com a realidade das clínicas modernas.

Você ainda tem dificuldade em entender os malefícios da falta de informatização na sua clínica? Então, continue a leitura deste artigo e confira alguns problemas que você pode enfrentar devido ao excesso de processos manuais.

Necessidade de um espaço para armazenamento

Os prontuários eletrônicos são uma das maiores vantagens dos softwares de gestão para clínicas, pois possibilitam que todos os dados dos pacientes, incluindo seus históricos de saúde, sejam armazenados em nuvem e facilmente acessados por médicos e outros profissionais.

No caso de você ainda utilizar prontuários de papel, certamente precisa ter uma ou mais salas da sua clínica dedicadas exclusivamente para essa finalidade. O grande problema é que eles ocupam um espaço físico que poderia ser mais bem utilizado se servisse para outros fins, como uma sala de espera mais confortável, por exemplo.

Contratação de funcionários para organizar os ambientes

Além de ter que ocupar um grande espaço para guardar os prontuários e as fichas dos pacientes, todo o processo de organização é manual, e dificilmente esse trabalho consegue ser feito apenas pelas secretárias do consultório.

Nesse tipo de situação, é bem comum tornar-se necessária a contratação de uma pessoa apenas para organizar as pastas em ordem alfabética, procurar os documentos dos pacientes que têm consulta agendada no dia etc.

Gasto com papel e impressão

Pode não parecer, mas se você colocar na ponta do lápis todos os valores que gasta com folhas de papel e toners de impressora, verá que há uma grande perda de dinheiro nesse processo. Além disso, se formos levar em consideração os prejuízos para o meio ambiente que a produção de papel acarreta, os problemas se tornam ainda maiores.

No caso de você optar por um software de gestão para clínicas, isso deixa de acontecer, uma vez que apenas será impresso aquilo que realmente é indispensável, como laudos e receitas de medicamentos que devem ser disponibilizados aos clientes. Todas as demais informações, como cadastros e prontuários, permanecem armazenadas na nuvem.

Custo com transporte e envio de documentação

Eventualmente, os médicos precisam enviar informações sobre pacientes para colegas de outras especialidades, disponibilizar prontuários para fins de investigações policiais ou por exigência judicial etc.

Como vivemos em plena era digital, tudo isso pode ser facilmente enviado por e-mail, desde que os arquivos sejam já feitos de forma automatizada. Nas situações em que os procedimentos ainda são feitos de forma manual, o custo com transporte e envio de documentação via correio ou por transportadora pode ser bastante alto.

Como você pode perceber, os processos manuais são muito prejudiciais para as clínicas médicas. Assim sendo, torna-se relevante adotar medidas para solucionar esse tipo de problema, caso você ainda não tenha um estabelecimento informatizado.

Pensando em ajudá-lo, temos uma proposta bastante interessante para você. Faça um teste gratuito do software Shosp e veja, na prática, de que maneira ele reúne tecnologia de ponta e contribui para automatização do agendamento de consultas, implantação de prontuário eletrônico, serviço de faturamento, sistema financeiro, relacionamento com os pacientes, entre outras funcionalidades.


Processos manuais em clínicas médicas por que atrapalham