Já faz tempo que o Whatsapp deixou de ser um aplicativo somente utilizado na vida pessoal para contato com parentes e amigos. Hoje em dia, o aplicativo é uma poderosa ferramenta para pequenas, médias e grandes empresas, seja para comunicação com a equipe ou com o público-alvo.

Mas , no caso das clínicas e consultórios médicos, será que o atendimento via Whatsapp é indicado para interagir com os pacientes? Neste artigo, falaremos sobre as principais vantagens, desvantagens e a melhor maneira de aproveitar (ou não) o aplicativo em sua rotina. Confira!

Comunicação de baixo custo

A primeira vantagem do aplicativo é a comunicação de baixo custo. Com o Whatsapp, basicamente os únicos custos para se comunicar com o paciente são o do acesso à internet e os de manter um número de celular ativo.

Estes gastos são inferiores aos de ligações para telefones fixos e celulares e possuem um retorno mais rápido que outras formas de comunicação, como o envio de e-mails, por exemplo.

Fidelização de pacientes

Você pode até optar por não usar o WhatsApp para o relacionamento com o paciente, mas o seu concorrente já usa ou provavelmente usará o aplicativo para ficar mais próximo dos pacientes.

O aplicativo é um diferencial importante perante a concorrência e de extrema importância para a fidelização do seu público.

Rapidez no contato com o paciente

O Whatsapp é o método mais rápido para divulgar informações para um grupo de pessoas. Ou seja, você pode usar o aplicativo para desmarcar consultas em um determinado dia, informar sobre mudança de endereços ou eventuais trocas de dias e horários de atendimento, além de outras informações que considerar importantes.

Além de ser fundamental para organizar a agenda do seu consultório, o Whatsapp também pode ser utilizado em eventuais ações de Marketing da sua clínica ou consultório.

Desvantagem no atendimento via WhatsApp

A principal desvantagem do uso do aplicativo é que existe uma tendência que o paciente queira substituir o atendimento presencial pelo atendimento via WhatsApp, fazendo perguntas sobre tratamentos e tentando conseguir o diagnóstico do médico sem comparecer à consulta.

É possível também que ao entrar no WhatsApp em um momento de lazer, um paciente veja que o médico está online e queira exigir informações imediatas.

Uma das formas de evitar este tipo de problema é utilizar o aplicativo apenas para rotinas administrativas, como marcações e cancelamento de consultas, informações de preços de consultas e exames, entre outras atividades que não sejam ligadas às informações da consulta em si.

Para que o atendimento via WhatsApp seja utilizado apenas para estas rotinas, é importante ter um número de celular corporativo, ou seja, um número para o WhatsApp do consultório diferente do WhatsApp para uso pessoal. Desta maneira, o médico evita eventuais constrangimentos em negar alguma informação ou deixar de atender um paciente nas horas de lazer.

E você, quais as dificuldades enfrenta no dia a dia de sua clínica ou consultório? Deixe um comentário com suas dúvidas e experiências!


Share: