3 dicas para aumentar a produtividade na clínica
  • 26 Março 2018

Para que uma clínica médica tenha resultados positivos, é imprescindível que sejam adotadas boas práticas para aumentar a produtividade dos colaboradores. Afinal, quando isso acontece, todos saem ganhando, pacientes, funcionários e gestores.

Por funcionários produtivos, não se entende que trata-se de pessoas muito atarefadas e que estão sempre sobrecarregadas de trabalho, mas sim colaboradores que realizam as suas funções com maestria, de maneira otimizada e organizada.

Quer saber como aumentar a produtividade na sua clínica? Então siga conosco e acompanhe as dicas que preparamos para você!

1. Faça um check list

É importante que todas as atividades da clínica sejam mapeadas e que seja elaborado um check list das funções de cada funcionário. Desse modo, sempre que chegar ao trabalho, o colaborador saberá como deve proceder em sua rotina de trabalho naquele dia.

O check list de um técnico em enfermagem, por exemplo, pode constar passos, como verificar os prontuários dos pacientes, levar as medicações para os pacientes, auxiliar o enfermeiro em atividades diversas etc.

A elaboração do check list pode ser feita diariamente ou semanalmente pelo responsável por cada setor da clínica ou hospital.

2. Tenha um sistema de gestão

É comum que boa parte do retrabalho e da diminuição da produtividade em uma clínica ocorra devido a erros humanos. Uma secretária, ao agendar uma consulta ou procedimento em uma agenda de papel, por exemplo, pode cometer o equívoco de marcar duas operações no mesmo horário.

Isso, além de causar perda de tempo, pode gerar muitos transtornos para os pacientes e até mesmo constrangimento para a clínica. Entretanto, pode ser corrigido facilmente com um sistema de gestão.

Os sistemas de gestão, além da agenda, também podem controlar o estoque dos medicamentos e materiais da clínica, horário de trabalho dos funcionários, prontuários de pacientes etc.

3. Padronize o tempo de atendimentos

Existem pessoas que falam muito e que têm muitas dúvidas sobre suas doenças, o que pode resultar em um atendimento muito longo, atrasando as demais consultas que estão marcadas para o médico no restante do dia.

Para que isso não aconteça, deve ser adotado um padrão de tempo de atendimento, para que todas as consultas tenham uma duração média parecida. É claro que isso não significa que os atendimentos devem ser superficiais ou que os questionamentos dos pacientes não devem ser esclarecidos.

O que deve ser feito é ter estabelecido um tempo médio para o atendimento, sendo que os secretários devem ser orientados a sempre respeitarem esse período para fazer o agendamento de consultas. É interessante também que sejam programadas pausas para descanso do médico e até mesmo limpeza do consultório entre a consulta de um paciente e outro.

Se você seguir essas 3 dicas básicas, ficará muito mais fácil aumentar a produtividade da sua clínica, gerando também mais qualidade no atendimento dos pacientes.

Outro ponto fundamental sobre a produtividade de clínicas é a automação. Para saber mais sobre esse assunto, recomendamos a leitura de nosso artigo “Entenda mais sobre automação de serviços na área da saúde”. Temos certeza de que você gostará desse material.