Após longos e árduos anos de faculdade de Medicina e especialização em programas de residência ou pós graduação, é chegado um importante momento na carreira do médico.

Diante da má qualidade de vida gerada pela rotina de plantões e a insatisfatória remuneração e condições de trabalho ao trabalhar em grandes centros de atendimento, muitos médicos optam por tentar empreender em clínicas privadas, majoritariamente associados a outros colegas. Então, deparam-se com um desafio inédito, não abordado nas aulas da faculdade de medicina, que gera ansiedade e temor tal qual a chegada de um paciente à sala de emergência: administrar a própria clínica.

Neste momento, é imprescindível contar com ajuda de especialista, e um dos maiores desafios dos novos empreendedores é realizar um controle de informações preciso e útil. É neste ponto que iremos lhe ajudar. Confira!

Sistema de Nuvem

Informações sobre pacientes, desde dados simples de identificação até dados sigilosos de prontuário eletrônico, informações sobre pagamento de convênios, débitos com fornecedores, aluguel e contas a pagar são informações de suma importância.

Tão importante quanto obter o devido controle de informações, é assegurar que estas informações estão seguras, independente de discos rígidos, defeitos estruturais ou algum incidente, e de fácil acesso, com flexibilidade e portabilidade.

Todas estas vantagens, com um custo menor que o armazenamento de informações tradicional, podem ser garantidos com o sistema de nuvem.

Controle do dinheiro

Um controle de informações adequado é fundamental para o bem estar financeiro da empresa. É preciso saber o valor total do faturamento, os prazos em que haverá entrada no caixa, o percentual que corresponde a consultas, exames, procedimentos.

Além disso, é bem sabido a dificuldade de trabalhar com alguns planos de saúde, pelo atraso em pagamentos, deduções e não cobertura de alguns serviços prestados.

Satisfação do paciente

Não é novidade que para atender bem um paciente não basta apenas uma propedêutica diagnóstica e uma conduta terapêutica adequada, mas fazer com que o paciente se sinta acolhido, orientado, respeitado.

Pequenas sutilezas, oriundas de um bom sistema de informações podem influenciar positivamente neste desfecho. Felicitar no dia do aniversário, tratar pelo nome o paciente e sua família e saber atividades rotineiras do paciente, por exemplo, auxiliam a gerar empatia e confiança na relação do paciente com a clínica como um todo, sendo de fundamental importância tais atitudes desde a secretária até o médico.

Não se esqueça de criar mecanismos de feedback para obter informações cruciais da avaliação que seus pacientes fazem da clínica.

Atenção com o tempo

O tempo hoje é crucial na vida de todos, pacientes e médicos. Então, tenha informação do número de atendimentos realizado em um dia, tempo médio de consultas, atrasos e suas causas para obter uma agenda organizada, com atividades e locais variados para atender as demandas da clínica e dos pacientes. Encontre os pontos em que há desperdício de tempo e que as ações podem ser otimizadas.

Desconstrução de mitos

Alimentar mitos e medos irracionais são verdadeiros obstáculos para obter o sucesso e o destaque profissional pessoal e de sua clínica. Logo, fazer um controle de informações de excelência não demanda infraestrutura monumental ou investimentos financeiros exorbitantes, não se restringindo a grandes centros, prescindindo de um montante de capital elevado para esta tarefa.

As fornecedoras de software não têm interesse apenas em vender um produto, mas de auxiliar e fidelizar as clínicas, de forma que o processo de implementação seja mais rápido, fácil e efetivo possível. Assim, fica fácil perceber a importância e o diferencial de um controle de informações bem executado pode oferecer.

Atente-se a estes detalhes para se destacar no mercado, sendo uma clínica de referência para os seus pacientes, que logo eles mesmos lhe trarão mais pacientes.

E então, o que achou do nosso artigo? Como está o controle de informações em sua clínica?


Share: