As clínicas e consultórios médicos também são empresas e visam obter lucratividade em suas atividades. Por esse motivo, os gestores desse tipo de estabelecimento precisam saber como fazer um controle financeiro empresarial eficiente.

Para que isso se efetive, uma série de ações precisam ser implementadas no estabelecimento de saúde, e é exatamente sobre isso que falaremos no post de hoje. Se você pretende ter uma clínica mais organizada no sentido financeiro, continue a leitura agora e veja uma série de dicas!

1. Utilize um software de gestão na nuvem para otimizar o processo

Utilizar os recursos tecnológicos é uma excelente alternativa para otimizar os processos e promover o controle financeiro empresarial em uma clínica ou consultório. Isso porque, com o uso de um software, você conseguirá ter todos os registros em relação às movimentações financeiras do negócio.

Além disso, como o armazenamento dos dados se dá na nuvem, o gestor terá a possibilidade de acessá-los em qualquer lugar em que estiver, sem ter que utilizar um computador localizado na clínica.

2. Realize o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma prática imprescindível para ter um bom controle financeiro empresarial. Em resumo, é necessário ter o registro de todas as entradas e saídas de dinheiro da clínica. Aqui, o uso de um software também é importante, uma vez que o programa evita que erros sejam cometidos.

No entanto, apenas fazer o registro das entradas e saídas não é suficiente. Também é importante categorizá-los. O dinheiro que entra do caixa pode ser dividido entre as consultas particulares e as que são pagas por meio dos planos de saúde dos pacientes, por exemplo.

3. Faça uma gestão do capital de giro

Em todos os negócios, existem períodos de maior movimento e outros em que os lucros são menores. É por isso que você precisa ter uma boa gestão de capital de giro para não ficar no vermelho e conseguir pagar, em dia, todas as obrigações da clínica.

Dessa forma, problemas na contabilidade são evitados. Como exemplos, podemos citar a falta de dinheiro para pagar os salários dos funcionários e os serviços básicos da clínica, como energia elétrica, internet e telefone.

4. Utilize um demonstrativo de resultados

É recomendado, ainda, que você tenha um demonstrativo de resultados para poder acompanhar todas as movimentações financeiras e contábeis da sua clínica ou consultório. Por meio desses relatórios, projeções futuras poderão ser feitas em diversas áreas, como o planejamento de campanhas de marketing ou a necessidade de contratação de pessoal.

Para gerar relatórios, também é interessante que você tenha um bom programa de gestão que ofereça essa funcionalidade. Assim, você poderá acompanhar os demonstrativos de resultados periodicamente.

Como você pode perceber, praticamente todas as nossas dicas estão relacionadas à tecnologia e ao uso de softwares de gestão. Eles são imprescindíveis para os estabelecimentos de saúde que querem ter um bom controle financeiro empresarial.

A Shosp oferece o que há de melhor no mercado em softwares de gestão na nuvem para clínicas e consultórios. Entre em contato conosco e conheça os nossos serviços!

Share: