Como aplicar o marketing médico na minha clínica? Aprenda aqui!
  • 08 Janeiro 2019

Dizem que “a propaganda é alma do negócio”. Esse ditado popular contém sabedoria, pois, sem que um produto ou serviço seja corretamente divulgado, as pessoas podem nem saber da sua existência. Na medicina, não é diferente, e consultórios e clínicas precisam investir em marketing médico, caso queiram ter destaque na comunidade em que atuam.

Apesar de muitos pensarem que o boca-a-boca ainda é suficiente para garantir o fluxo de pacientes em uma clínica, nem sempre essa premissa pode ser seguida. Deve-se planejar estratégias para que o estabelecimento sempre tenha demanda e garanta uma boa lucratividade.

Veja, a seguir, dicas sobre como aplicar o marketing médico na sua clínica!

Defina os objetivos da estratégia

Antes de tudo, uma estratégia de marketing médico precisa ter um objetivo. Você deseja conquistar novos pacientes? Ou então se habilitou em uma nova especialização e quer tornar público que agora também atende nessa modalidade? Ou ainda prefere divulgar aos usuários de um determinado plano de saúde que agora é conveniado dessa seguradora?

Esses são alguns exemplos de objetivos que as suas estratégias podem ter. É preciso definir o que você quer divulgar e qual público deseja atingir para que as ações possam ser bem estruturadas e colocadas em prática.

Considere o código ético do marketing médico

O Conselho Federal de Medicina (CFM) tem um código de ética de publicidade na medicina. Assim, todas as normativas previstas no manual desenvolvido pelo órgão devem ser seguidas à risca.

Um exemplo de proibição é o uso de fotos de antes e depois de pacientes submetidos a tratamentos, por exemplo.

Ofereça conteúdos relevantes em seus canais

Você já deve ter percebido que muitos pacientes fazem pesquisas no Google e vão ao seu consultório munidos de informações sobre os sintomas que eles sentem, não é mesmo? Que tal então ser o fornecedor dessas informações?

É possível criar um blog ou utilizar as suas redes sociais para praticar o marketing de conteúdo, ou seja, desenvolver artigos sobre prevenção e diagnóstico de doenças, dicas de saúde e qualidade de vida.

Invista em um atendimento diferenciado no consultório

Além de divulgar o seu negócio, o marketing médico também deve prezar por ações para que o atendimento seja diferenciado no consultório. Desse modo, os pacientes satisfeitos poderão indicá-lo para amigos, familiares e pessoas de suas relações.

Também é possível que os seus pacientes falem bem do seu consultório nas redes sociais, caso tenham um atendimento excelente. Exemplo disso ocorre quando você recebe uma avaliação positiva em sua página no Facebook.

Divulgue o negócio nos canais corretos

É preciso conhecer o seu público para que a clínica ou consultório seja divulgado nos canais corretos. Não adianta você pagar um valor alto para anunciar em uma emissora de rádio da sua cidade se o perfil de pacientes que você atende não consuma esse tipo de mídia, por exemplo.

Canais que estão em alta no momento são as redes sociais e o e-mail marketing. Afinal, grande parte das pessoas são usuárias ativas de Facebook, Instagram e outras mídias digitais.

Já o e-mail é utilizado diariamente para trocas pessoais e profissionais, sendo aberto em diversos momentos. Logo, traças estratégias de marketing médico para esses canais é bastante positivo.

Quer continuar aprendendo sobre o assunto? Sugerimos a leitura de nosso artigo “E-mail marketing: 4 dicas para captar mais pacientes”.


Marketing Médico para clinicas: Aprenda a aplicar neste artigo!