Tecnologia na Medicina: 5 tendências que você precisa conhecer
  • 03 Janeiro 2017

Nós vivemos na era da informação e os avanços tecnológicos são cada dia mais impressionantes. E é claro que na área da saúde não seria diferente.

Neste post vamos tratar de algumas tendências da tecnologia na medicina que vão revolucionar a forma como os profissionais da saúde realizam seu trabalho! Confira:

1. Smartphones e outros dispositivos móveis

Hoje em dia é difícil conhecer alguém que não tenha um smartphone ou tablet, os famosos dispositivos móveis, sempre conectados com verdadeiras ferramentas não só de comunicação, mas que facilitam o dia a dia de seus usuários. É por isso que surgem cada vez mais aplicativos de saúde com todo tipo de funcionalidade, desde tabela de vacinas até uma agenda de horários para tomar remédios.

Esses apps podem ser usados como uma ponte para aproximar médicos e pacientes, agilizando e humanizando as consultas e tratamentos.

2. “Vestíveis” (wearables)

Seguindo a mesma linha, numa tendência ainda mais moderna, estão os wearables, também chamados de “vestíveis”. São as pulseiras, tornozeleiras ou qualquer outro objeto que a pessoa use como um acessório.

Apesar de seu tamanho reduzido, esses gadgets contam com tecnologia de ponta, oferecendo sensores que podem monitorar a pulsação, gasto de calorias e até níveis de glicose — especialmente úteis para diabéticos, por exemplo.

3. Impressoras 3D

As impressoras capazes de criar objetos inteiros a partir de uma imagem virtual em três dimensões estão em desenvolvimento já há algum tempo, mas foi a partir do ano passado que elas realmente começaram a ganhar espaço no mercado, nas áreas mais diversificadas, inclusive na saúde.

Esse tipo de tecnologia só tende a crescer e se difundir cada vez mais e suas principais vantagens são a redução de custos e o maior acesso à criação de próteses, por exemplo.

Impressoras 3D já estão até sendo capazes de construírem estruturas de cartilagem, como uma orelha inteira. Conforme essa tecnologia avança, os mais variados tipos de materiais poderão ser utilizados e partes inteiras poderão ser criadas com precisão milimétrica, sob medida, obedecendo a necessidade de cada paciente.

4. Softwares de gestão

Não importa o quanto a medicina avance, o hospital continua sendo o pilar central do atendimento aos pacientes. E um prédio organizado e eficiente é a melhor maneira de garantir um atendimento ágil e atencioso. Por isso os avanços em softwares de gestão, ou seja, programas de administração, é outra tendência que também não para de evoluir.

Avanços da informática como redes neurais e deep learning ajudam os programas de computador não apenas a organizar dados, mas também a analisá-los e entendê-los, facilitando muito o trabalho diário dos funcionários dentro de um hospital.

5. Medicina a distância

A atual tecnologia de captura e renderização de imagens tem permitido que certos diagnósticos possam ser feitos a distância, por fotos, em alguns casos específicos.

O Brasil conta com leis que proíbem a realização de consultas por internet ou telefone, mas já existem projetos como o da Telemedicina, em Santa Catarina, que preveem o telediagnóstico de eletrocardiogramas e exames dermatológicos, graças à tecnologia que hoje temos.

E então, já conhecia todas essas importantes tendências na área da tecnologia na medicina? Não deixe de participar nos comentários e nos conte quais dessas inovações te deixou mais curioso!