A gestão integrada é um método administrativo que cada vez mais vem sendo adotado pelas empresas de diversos segmentos. Também são muitos os hospitais, clínicas e consultórios médicos que estão adotando a metodologia.

A ideia é que esse tipo de gestão seja utilizado para melhorar os processos internos, reduzir as falhas cometidas e também possibilitar que haja mais facilidade para os momentos em que é preciso tomar decisões.

Para que você entenda o que é a gestão integrada e por que implantá-la em sua empresa da área da saúde, responderemos às principais questões sobre o tema. Acompanhe!

O que é um sistema de gestão integrada?

Como o próprio nome sugere, um sistema de gestão integrada é aquele em que todos os departamentos de uma organização atuam juntos, em sinergia. Dessa forma, uma ação complementa a outra e os processos podem ser vistos de maneira mais ampla, sempre seguindo os preceitos do planejamento estratégico estabelecido.

Para que o sistema de gestão integrada seja mais facilmente implantado, o ideal é que as empresas contem com um software médico adequado para essa finalidade.

Como esse tipo de sistema funciona?

Conforme explicamos, ter um software de gestão é imprescindível para que seja adotada a metodologia de gestão integrada. Em uma clínica, hospital ou consultório médico, por exemplo, o sistema pode unir áreas administrativas, de contabilidade, de marketing, prontuário eletrônico, ferramentas para controle de estoque etc.

Assim, as atividades podem ser automatizadas e contribuir para que haja uma verdadeira gestão integrada, com o gestor do estabelecimento tendo uma visão geral sobre tudo o que se passa. Isso é imprescindível para que tudo ocorra conforme o esperado na clínica.

Quais são os principais benefícios do sistema de gestão integrada?

A utilização de sistemas de gestão integrada para as empresas de saúde trazem diversos benefícios. Os principais deles são os a seguir relacionados!

Aumento da produtividade

Como os recursos serão automatizados, há um aumento da produtividade nas clínicas. O agendamento de consultas e exames, por exemplo, será feito automaticamente pelo sistema, sem que seja necessário ter uma agenda de papel para isso.

O mesmo ocorre dentro do consultório, quando o médico poderá utilizar o prontuário eletrônico para facilitar o atendimento e se informar sobre o caso do paciente.

Diminuição de falhas

As falhas humanas, como o agendamento de duas consultas no mesmo horário podem ser evitadas quando há a utilização de um software de gestão. Esse é apenas um exemplo das diversas atividades que poderão ter erros evitados.

Controle a distância

Os softwares de gestão são armazenados em nuvem, o que possibilita que os gestores façam o acesso em qualquer local. Assim, não é preciso estar na clínica para verificar o que se passa nela, mas sim em uma localidade qualquer com acesso à internet.

A gestão integrada é uma tendência para as empresas da área da saúde. Por isso, não deixe de adquirir um bom software e colocar em isso em prática o quanto antes.

Nós da Shosp podemos ajudar, oferecendo a melhor opção na gestão de clínicas e empresas de saúde. Entre em contato conosco e saiba mais!


Gestão integrada para clínicas: O que é e por que implantar na sua!

Share: