Quem empreende na área da saúde sabe que abrir e manter uma clínica médica não é uma das tarefas mais fáceis e que são muitas as exigências feitas para que os resultados do negócio sejam positivos, como sinalização para clínica, que precisa estar de acordo com o que solicitam os órgãos fiscalizadores, como o Corpo de Bombeiros de cada cidade.

Elaboramos este artigo justamente para explicar o que é e qual a importância da sinalização para clínica, o porquê investir nesses recursos visuais e quais são os tipos mais indicados. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto.

O que é sinalização para clínica e qual a sua importância?

A sinalização para clínicas é um conjunto de informações visuais que servem como instrumento para que pacientes, profissionais e outras pessoas que estão no local saibam onde fica cada setor do estabelecimento. Elas também são úteis para que se conheçam saídas para situações de emergência, como incêndios.

O designer de sinalização é o profissional que deve ser consultado para sinalizar um ambiente de forma adequada. Assim, ele pode usar de sua experiência para que a sinalização não seja resumida apenas a colocação de placas, mas também para reforçar a identidade visual da clínica.

Quais são os motivos de investir na sinalização para clínica?

O investimento na sinalização para clínicas deve ser feita  por alguns motivos básicos, como a obrigação de estar de acordo com as exigências do Corpo de Bombeiros. Cada município tem leis e regras próprias fiscalizadas por esse órgão e, se a sinalização não for correta, multas podem ser aplicadas.

Outro motivo que merece destaque é o aumento da credibilidade e da satisfação dos pacientes, além de ter um ambiente de trabalho mais organizado.

Quais são os tipos de sinalização mais indicados?

Identificação

Tratam-se de placas que devem mostrar às pessoas informações para que elas identifiquem setores e salas da clínica. Nesse aspecto se incluem as placas de identificação externa, as placas de salas e as de serviço, como as utilizadas para identificar banheiros, refeitórios etc.

Orientação

As placas de orientação têm como objetivo auxiliar os pacientes e profissionais a realizarem corretamente os percursos na clínica. Nesse caso, elas podem ser do tipo direcional, que orienta sobre os fluxos, ou quadros gerais, colocados em murais ou elevadores listando serviços encontrados em cada andar do estabelecimento.

Placas de proteção

O objetivo das placas de proteção é garantir a segurança dos pacientes. Elas devem indicar escapes, rotas de fuga em casos de emergência etc. Também é importante utilizar placas que orientem sobre áreas restritas a profissionais, como salas de raio-X, alas com pacientes que tenham doenças contagiosas, salas de cirurgia etc. Assim, evita-se que pessoas entrem por engano em um local inadequado, por exemplo.

Entender sobre a sinalização para clínica é imprescindível para os gestores da área da saúde. Somente assim se cumpre a legislação municipal sobre esse segmento e, ao mesmo tempo, desenvolve uma imagem positiva perante os pacientes.

Gostou deste conteúdo? Que tal receber mais dicas interessantes como essas em sua linha do tempo? Para isso, não deixe de curtir a nossa página no Facebook.

Share: