Aprenda como otimizar o processo de folha de pagamento
  • 30 Julho 2018

A folha de pagamento é uma importante ferramenta para garantir que a remuneração dos colaboradores de uma clínica médica seja feita corretamente. Por esse motivo, o gestor do estabelecimento também precisa adotar técnicas para que a elaboração do documento seja feita da melhor maneira possível. Somente assim ele terá êxito em administrar essa questão.

Há uma série de boas práticas que podem ser levadas em consideração no momento da elaborar a folha de pagamento para colaboradores de clínicas médicas. Listamos as principais delas a seguir. Acompanhe!

Registre adequadamente os horários

A folha de pagamento precisa apresentar um relatório completo com o período trabalhado por cada colaborador da clínica. Por esse motivo, todos os horários de entrada e saída devem ser registrados corretamente para que os valores sejam pagos sem erros.

É normal que, em clínicas, profissionais como recepcionistas, secretárias e enfermeiros tenham que atuar em regime de plantão, em feriados e finais de semana, por exemplo. Em casos assim, o registro é ainda mais importante para que as horas extras sejam pagas conforme prevê a legislação.

Faça o controle de jornada de forma digital

Toda empresa que mantém mais de 10 funcionários em seu quadro precisa ter, obrigatoriamente, um relógio-ponto para fazer o controle das entradas e saídas. Tal relógio pode ser digital ou analógico. Em consultórios menores, onde apenas uma ou duas secretárias atuam, por exemplo, o controle pode ser feito manualmente.

De qualquer maneira, o controle feito de forma digital é sempre mais recomendado, pois evita que erros possam ser cometidos (por má-fé ou não) e que os vencimentos sejam pagos em valores maiores ou menores que o correto.

Automatize os pagamentos

Os bancos já oferecem a possibilidade de as empresas automatizarem os pagamentos de seus funcionários. De tal modo, você pode conversar com o gerente da conta bancária de sua clínica para que o valor do salário de seus colaboradores seja transferido mensalmente para as suas contas particulares.

Isso é muito interessante para não correr risco de os salários atrasarem, o que pode gerar até processos trabalhistas. Outra questão relevante é a segurança, uma vez que você não precisará levar muito dinheiro para a clínica no dia do pagamento, evitando, portanto, assaltos ou roubos, tanto para a empresa quanto para os colaboradores.

Tenha um backup dos documentos

Ter um backup completo das folhas de pagamento dos funcionários também é muito importante, visto que elas são úteis para auditorias futuras. Além disso, você pode precisar dos documentos por questões contábeis ou para comprovar os pagamentos quando algum colaborador se desligar da clínica e, porventura, mover processos trabalhistas.

Se você seguir essas diretrizes, ficará mais fácil acompanhar e otimizar o processo de folha de pagamento junto com o seu setor de RH. Então, esperamos que as dicas tenham contribuído também nesse sentido.

Para sua clínica seguir prosperando, recomendamos a leitura de nosso artigo “Como as novas tecnologias podem deixar sua clínica mais moderna?”, que traz dicas para otimizar o atendimento e também os procedimentos médicos que você realiza. Aproveite!


aprenda-como-otimizar-o-processo-de-folha-de-pagamento