Saiba como delegar funções no seu consultório
  • 22 Outubro 2018

Na área médica, um dos grandes desafios dos gestores diz respeito à centralização de tarefas. Muitos acabam não compreendendo a necessidade de saber como delegar funções e acabam acumulando trabalhos.

Esse tipo de atitude pode resultar em prazos perdidos, pouca produtividade e estresse. Para te ajudar a resolver esse problema, separamos algumas dicas de como tornar o ambiente de trabalho mais produtivo e organizado, a partir do momento em que o gestor delegar funções.

Antes, apresentaremos os tipos de delegação de funções. Acompanhe!

Quais são os tipos de delegação de funções?

A delegação de funções no ambiente de trabalho pode ser classificada de duas maneiras: delegação restritiva e delegação administrativa.

Delegação restritiva

É conhecida por ser aquela que ordena “Faça isso, faça aquilo”. Ela é centrada no método que será desempenhado e não no resultado que o mesmo pode trazer. Muitas vezes, não é eficiente, devido ao fato de que profissional que recebe determinada tarefa foca apenas no que deve ser realmente feito e não no que pode ser alcançado com o seu trabalho.

Delegação administrativa

A delegação administrativa, por sua vez, tem como objetivo principal o foco nos resultados e não apenas nos métodos de trabalho, visto que ela fornece aos profissionais uma visão mais ampla dos resultados. Além disso, ela cede recursos necessários para que a tarefa seja executada da melhor maneira possível.

O profissional acaba se tornando bem mais comprometido com os resultados das suas tarefas. Por contar com flexibilidade na tomada de ações, caso encontre alguma dificuldade na execução, tem autoridade para mudar o planejamento da ação.

O que é preciso para saber como delegar funções?

Ser estratégico

A primeira ação que você deve fazer antes de começar a distribuir tarefas para a equipe é avaliar bem o time, bem como as características, as responsabilidades de cada um e as atividades que serão realizadas. É necessário que haja um equilíbrio entre as atividades que você pretende delegar e a capacidade dos colaboradores.

Por exemplo, os serviços que demandam um aprofundamento rigoroso e que são mais técnicos não podem ser destinados para pessoas agitadas e que gostam de trabalhar com mais interação. Desse modo, direcione aquele funcionário que tem habilidades de interação para trabalhar com vendas e atendimentos.

Outro ponto diz respeito à motivação dos funcionários. Caso você perceba que há na equipe alguém desmotivado, delegue as tarefas que necessitam de energia para aquele que está sempre mais motivado.

Lembre-se que você deve conhecer bem a equipe, a fim de que o trabalho seja bem-feito.

Fornecer os recursos necessários

Disponibilize aos seus funcionários todo o material necessário para que eles consigam efetuar um bom trabalho. Não há nada mais frustrante do que ter responsabilidades e não dispor dos suprimentos necessários para executá-las.

Deixando todos os materiais à disposição da equipe, você tem a garantia de que o trabalho não ficará pela metade em decorrência da falta de material.

Trabalhar com clareza

Quando for delegar uma tarefa, dê todas as instruções necessárias a respeito do que precisa ser feito e como deve ser concretizado.

É muito importante passar todas as informações para o funcionário — pois assim ele fica por dentro de tudo o que é necessário para realizar seu trabalho.

Dar feedbacks

Muitos funcionários consideram extremamente importante receber feedbacks das atividades desempenhadas. O feedback é fundamental para que o gestor reforce todos os aspectos positivos e as habilidades de sua equipe, além de mostrar o que pode ser feito para ajustar possíveis erros. Forneça os feedbacks de maneira tranquila, profissional e cordial.

Siga essas dicas e perceba os impactos positivos que a delegação de tarefas gera para a equipe como um todo. Além de ajudar a identificar os problemas e a encontrar soluções eficientes, ela contribui para que seja possível ter tempo para se dedicar a tarefas mais estratégicas, por exemplo.

E aí, gostou deste texto sobre como delegar funções no consultório? Então aproveite e assine a nossa newsletter para receber todas as nossas atualizações na sua caixa de entrada!


Delegar funções no seu consultório: Saiba como fazer!