O sucesso de uma clínica médica depende fundamentalmente da qualidade no atendimento e a sua capacidade de fidelização para manter uma baixa rotatividade de pacientes. Para tanto, deve oferecer, além de uma excelente equipe médica, serviços eficientes e humanizados.

Uma sala de espera cheia nem sempre é sinal de excelência. Isso pode significar que o tempo para ser atendido está com uma grande margem. Esse aspecto gera muita insatisfação, podendo ser responsável por desistências, além de interferir negativamente na imagem do consultório.

Continue lendo para entender melhor a respeito dessa questão e adquirir informações sobre como lidar com essa problemática em sua clínica!

O que é a rotatividade de pacientes?

É um indicador de pacientes que deixaram de utilizar os serviços da clínica, tendo como principal causa, a demora no atendimento. A pontualidade se apresenta como um grande desafio — para vencê-lo, é necessária uma administração eficiente, fundamentada no alinhamento da equipe médica e da secretária com os objetivos da clínica.

Como lidar com a rotatividade?

Para um bom gerenciamento da rotatividade de pacientes, é fundamental que se faça um planejamento com base na análise da especialidade da clínica ou dos colaboradores. Também é importante analisar as especificações dos atendimentos, como metodologia e ritmo de trabalho de cada profissional.

A observação desses aspectos fornece dados importantes para tomada de decisão quanto a diferentes procedimentos que devem ser adotados para otimizar o atendimento, como observamos a seguir:

Evite o atraso médico

Para evitar atrasos, é imprescindível considerar o tempo médio de atendimento (TMA). A duração da consulta deve ser estabelecida com equilíbrio, não devendo ser muito rápida ou muito demorada.

Uma consulta realizada às pressas gera a sensação de que o paciente não está sendo atendido com dedicação e segurança. Se é extensa, além de causar incômodo, também compromete a pontualidade, avançando nos horários dos próximos pacientes.

Organize as consultas

Esse é um ponto-chave para garantir uma baixa rotatividade e evitar constantes atrasos nos atendimentos. Quanto mais pacientes a clínica tiver, maior será a probabilidade de incorrer em erros nos agendamentos.

Para organizar as consultas, uma excelente opção é substituir o controle de papel por um bom software de gestão, já que o profissional responsável pelo agendamento tem que administrar diferentes informações.

Um software específico para clínicas proporciona agilidade e eficiência no agendamento, oferecendo, ainda, a organização de prontuários eletrônicos, geração de relatórios administrativos e outros dados relevantes.

Ofereça uma infraestrutura de qualidade

Para oferecer uma infraestrutura de qualidade aos pacientes, é necessário estabelecer procedimentos e treinamentos da equipe, com ênfase na capacitação da secretária, visando o alinhamento dos colaboradores com os objetivos da clínica.

O treinamento deve enfatizar também uma abordagem humanizada na relação entre o médico e o paciente, orientando para que a mesma seja agradável, atenciosa e calma. Além disso, é importante fazer uma pesquisa de satisfação e análise dos canais de comunicação para detectar possíveis falhas no atendimento.

Fidelize e atraia pacientes

O sucesso da clínica depende de ações voltadas à fidelização e atração de pacientes, oferecendo um diferencial nos serviços. Para tanto, é importante adotar ações de relacionamento com os pacientes, como:

  • e-mail marketing — para informar sobre novidades da clínica;
  • redes sociais com links para o blog — e-books e artigos relevantes;
  • anúncios no Facebook — estimula o engajamento em uma publicação ou o acesso ao site;
  • workshops e eventos — palestras sobre assuntos de interesse dos pacientes;
  • lembretes pós-consulta — e-mail ou SMS, para lembrar agendamento ou que está na hora de se consultar novamente;
  • mensagens em datas comemorativas — felicitações de aniversários, Natal e Ano-Novo.

Conforme comentamos, o sucesso da clínica tem relação direta com a rotatividade de pacientes, sendo imprescindível oferecer serviços com qualidade e atendimento diferenciado para atrair e fidelizar. Para tanto, é de fundamental importância adotar procedimentos administrativos visando a excelência e contar com um bom software que otimize com eficiência a gestão de pacientes, proporcionando maior foco neles e gerando competitividade.

E você, quais as dificuldades que enfrenta no dia a dia de sua clínica ou consultório? Para saber mais sobre o software de soluções SHOSP entre em contato conosco e conheça os inúmeros benefícios que essa tecnologia pode proporcionar a você!

Rotatividade de pacientes: Saiba como lidar com ela em sua clínica!

Share: