O mercado anda competitivo para empresas dos mais variados segmentos e isso também afeta os empreendimentos do ramo da saúde. Diante dessa realidade, os profissionais da área passaram a apostar na gestão do paciente como uma forma de fidelizá-los, adotando algumas práticas para que os clientes ficassem mais motivados a retornar.

Essa passou a ser uma estratégia fundamental para garantir a sobrevivência e o crescimento da clínica, tornando o negócio mais seguro e rentável em curto, médio e longo prazos. E você, já sabe como fazer isso na sua empresa? Ainda não? Então não deixe de conferir as dicas que separamos a seguir:

1. Capriche na ambientação

O primeiro passo para conseguir uma boa gestão do paciente é fazer com que as pessoas se sintam à vontade ao chegarem na sua clínica. Para isso, caprichar na ambientação é fundamental. Comece com a fachada, que deve refletir a proposta da empresa e a identidade visual que você escolheu para o seu negócio.

A sala de espera também é muito importante, pois as pessoas podem passar mais tempo ali do que propriamente na consulta. O ar-condicionado, por exemplo, é imprescindível em um país tão quente quanto o nosso.

Disponibilizar água gelada, revistas e jornais atualizados e um cafezinho também são uma obrigação para proporcionar mais bem-estar.

2. Capacite os seus colaboradores

A sua equipe precisa estar alinhada aos seus objetivos e é por isso mesmo que capacitar os colaboradores da clínica é indispensável para uma boa gestão de clientes. Muitos gestores encaram isso como um custo, o que é um tremendo erro, pois esse pode ser o melhor investimento da sua gestão.

Para começar, faça reuniões periódicas ou tenha conversas francas para reforças a missão, os valores e as expectativas da empresa em relação aos funcionários. Sempre que possível, pague treinamentos e cursos para que eles possam se aprimorar e, dessa maneira, acabem exercendo as suas funções com mais segurança e competência.

3. Invista em marketing digital

Nos dias de hoje, é muito difícil fazer uma boa gestão de pacientes se você não destinar alguns recursos para o marketing digital. O lado bom dessa realidade é que divulgar na internet é muito mais barato do que nas mídias tradicionais, o que significa que com algum dinheiro e muita criatividade, você pode ter excelentes resultados.

As redes sociais, por exemplo, são uma excelente maneira de se aproximar do público. Ter uma fan page da sua clínica no Facebook e um perfil no Instagram, por exemplo, são excelentes começos. Já para contatos profissionais, o LinkedIn é o mais indicado. Ter um blog também ajuda a trazer mais credibilidade e autoridade para a clínica.

4. Preste um bom atendimento

Por fim, não adianta você adotar uma série de atitudes estratégicas se você mesmo não estiver oferecendo um bom atendimento para os seus pacientes. Sabemos que a formação é muito técnica e as responsabilidades dos profissionais da área de saúde são inúmeras, mas é preciso deixar espaço para o seu lado humano aflorar.

Lembre-se de que, muitas vezes, os pacientes estão com medo dos diagnósticos ou dos tratamentos e cabe a você passar a segurança e se solidarizar, de maneira adequada, com esses sentimentos. Esteja disposto a ouvir, tenha um pouco mais de paciência e não atenda com pressa.

E agora, pronto para uma boa gestão de pacientes? Gostou do conteúdo? Então deixe um comentário aqui no blog!


Share: